Notícias

Processo de reabilitação da Covid-19 deve ser personalizado, diz médica

Curso da UNA-SUS/UFMA auxilia profissionais neste contexto

Visando trazer informação à comunidade acadêmica, a médica da família e comunidade do Hospital Universitário da UFMA (HU-UFMA) e mestra em Saúde da Família pela Fiocruz, Wilka Castro, ministrou o webinário “Tive Covid, e agora?”. O evento foi transmitido, na quinta, 10, no Canal Institucional da UFMA, no Youtube.

Durante a palestra, Wilka trouxe dados epidemiológicos referentes à pandemia no Brasil e no Maranhão, como os grupos de riscos e os sintomas gripais que vão mudando de acordo com a cepa. Além disso, ela abordou os diferentes tipos de exames que detectam a covid, além de explicar o seu funcionamento e em quais ocasiões se aplica cada tipo.

Com uma linguagem de fácil compreensão, a médica traçou uma linha cronológica sobre a pandemia e ressaltou o quanto mudou a literatura em relação aos cuidados, como, por exemplo, a forma de lidar com o isolamento. Quanto à reabilitação, Wilka ressaltou também que o tratamento pós-covid deve ser realizado de forma individual, de acordo com as funcionalidades de cada um.

“A doença é única, de acordo com o paciente. O determinante não é só a idade, ainda é uma doença muito misteriosa para a Medicina de forma geral. O processo de reabilitação deve ser totalmente personalizado, de acordo com o objetivo a ser alcançado na pós-covid, vendo o que está alterado no paciente”, pontuou.

Vale ressaltar que, a UNA-SUS/UFMA está com inscrições abertas, até 31 de março, para os profissionais de saúde que queiram se especializar em atendimentos de reabilitação pós-covid. A capacitação é ofertada em parceria com o Ministério da Saúde e pretende capacitar dez mil profissionais de todas as regiões do Brasil. 

Mais de oito mil profissionais já se inscreveram no programa e 25% já concluíram a capacitação “Reabilitação do paciente com Condições Pós-covid”. O curso é gratuito, com carga horária de 45h, realizado na modalidade a distância, com metodologia autoinstrucional e com início imediato. O certificado é reconhecido pelo MEC e validado pela UFMA.

Veja na íntegra o webinário “Tive Covid, e agora?”.


Com informações da DCOM UFMA.

Cadastrado Por: Maiara Pacheco
Ultima edição Por: Maiara Pacheco
Data de Publicação: 16/03/2022