Notícias

Com atuação em 100% dos municípios brasileiros, UNA-SUS completa 11 anos e a UFMA faz parte desta história

Durante esses anos de trabalho, a UNA-SUS/UFMA tem se tornado referência em acessibilidade digital nos cursos da Rede

No último 8 de dezembro, o decreto que instituiu o Sistema Universidade Aberta do Sistema Único de Saúde - UNA-SUS, completou 11 anos. Foram mais de 5,5 milhões de matrículas em todo o território nacional. Tal feito é fruto da cooperação do Ministério da Saúde com o Ministério da Educação, Fiocruz e um grupo de 35 renomadas universidades, que compõem a Rede UNA-SUS, entre elas, a Universidade Federal do Maranhão.

Criada com o objetivo de capacitar os profissionais de saúde da Atenção Básica, a plataforma começou ofertando especializações para grandes programas de provimento, como o Mais Médicos e o Provab, ampliando a cada ano seu leque de possibilidades para a educação permanente de gestores, profissionais e até mesmo estudantes universitários da saúde e áreas afins. Foram mais de 371 cursos oferecidos e 1.133 ofertas educacionais disponibilizadas nestes 11 anos.

O levantamento, realizado entre 2010 e 2021, contabilizou mais de 1.033.524 matrículas realizadas somente nos cursos da UNA-SUS/UFMA, número que continua subindo diariamente e acentuando-se a cada nova oferta. “Alcançar mais de um milhão de matrículas nos cursos da UNASUS/UFMA é bastante expressivo em termos nacionais e internacionais; resultado de um trabalho sério e incansável de uma equipe que trabalha com muita dedicação, harmonia e compromisso, sempre buscando inovar e dar o seu melhor”, aponta Ana Emilia Figueiredo de Oliveira, coordenadora geral da Diretoria de Tecnologias na Educação, na qual está vinculada a UNA-SUS/UFMA.

Presente em 98% do território nacional com projetos inovadores – um total de 5.526 municípios –, a UNASUS/UFMA é reconhecida pela qualidade de seus Cursos e Plataformas, quantidade de produção científica e pelas inovações tecnológicas e pedagógicas.

Paralelamente à oferta de cursos, o Acervo de Recursos Educacionais em Saúde (ARES) seguiu crescente, fechando este ano com cerca de 20 mil itens disponíveis em acesso aberto, o que permite a qualquer pessoa acessá-lo para ampliar o próprio conhecimento e também para a reutilização dos recursos, respeitando a política de direito autorais da UNA-SUS, um marco importante na história da instituição.

Na UNA-SUS/UFMA, por exemplo, o SAITE AVA, ambiente virtual de aprendizagem, oferece, atualmente, mais de 30 recursos, como e-books, games, infográficos interativos, cartilhas em PDF, vídeos, podcasts, entre outros, todos em formato web e mobile.

“Os recursos educacionais são centrados no aluno, produzidos por uma equipe multidisciplinar, com a inserção de materiais ricos em detalhes e que tornam o aprendizado mais dinâmico e adaptado para a temática do curso. Cada vez mais as universidades e outras instituições serão cobradas por inclusão digital. Apesar de termos leis e diretrizes voltadas à acessibilidade, a UNA-SUS/UFMA foi pioneira no conteúdo mobile e no trabalho com designer da interação e experiência do usuário em seus produtos educacionais”, destaca Davi Viana, especialista em Acessibilidade Digital e Análise de Sistemas na T.I da UNA-SUS/UFMA.

Com a pandemia da COVID-19, a Rede reuniu esforços para produzir cursos praticamente em tempo real. À medida que o diagnóstico sobre a doença era formulado em todo o mundo, os cursos foram criados e atualizados conforme a chegada de novos achados. Nunca um sistema de educação digital foi tão importante. E isso foi possível diante de todo o conhecimento construído, em todos esses anos, e aplicado em tempo recorde, ainda em 2015, com a chegada da Zika e da Chikungunya.

De acordo com o reitor Natalino Salgado, o protagonismo da UNA-SUS/UFMA é reflexo da mobilização e expertise dos profissionais da DTED. “A tônica da nossa gestão tem sido a modernização de processos e inovação. Nesse contexto, a DTED tem conseguido destaque na criação de alternativas de qualificação para minimizar o impacto negativo sobre o ensino, sobretudo, nesse cenário pandêmico. A excelência do trabalho é ilustrada nesse grande número de matrículas, no qual a promoção de um serviço de qualidade da educação e o fortalecimento das tecnologias na EaD tem registrado impacto social positivo no desenvolvimento do estado”, afirma o reitor.

São 11 anos de muito trabalho, muito estudo e de muito tempo dedicado diariamente para que a plataforma siga oferecendo informação de qualidade, não apenas para os alunos, mas para a sociedade brasileira como um todo. Parabéns aos que fazem a UNA-SUS acontecer e a todos os alunos que são o motivo da nossa existência.

Com informações da Ascom SE/UNA-SUS.

Cadastrado Por: Maiara Pacheco
Ultima edição Por: Maiara Pacheco
Data de Publicação: 14/12/2021