Notícias

Agosto Lilás: curso da UNASUS/UFMA amplia discussão sobre situação de dupla vulnerabilidade sofrida pelas mulheres com deficiência

A capacitação é gratuita, ofertada na modalidade a distância e com início imediato

Instituída por meio da Lei Estadual 4969/2016, a campanha Agosto Lilás visa promover o enfrentamento da violência contra as mulheres que, neste ano, celebra ainda os 16 anos da Lei Maria da Penha. Para conscientizar e sensibilizar sobre a data, a UNA-SUS/UFMA ressalta o curso “Atenção à saúde das mulheres com deficiência”, que aponta duas desvantagens sociais que expõe, potencialmente, esse público a diferentes tipos de violência: ser mulher com deficiência.

De acordo com o Anuário Brasileiro de Segurança Pública 2022, uma mulher é vítima de feminicídio a cada 7 horas, ou seja, ao menos 3 mulheres morrem por dia no Brasil, simplesmente por serem mulheres. A mulher com deficiência e/ou com mobilidade reduzida encontra-se em uma situação de dupla vulnerabilidade, pois, além do fato de ser mulher com o estigma de desigualdade imposto a si, possui limitações e incapacidades que lhe são impostas pela sociedade, o que faz com que ela enfrente mais desafios.

Para ampliar a discussão no âmbito da saúde, ofertar os cuidados necessários e contribuir com o atendimento humanizado, o curso com carga horária de 30 horas, apresenta os seguintes conteúdos: Marcos históricos e epidemiologia da deficiência em mulheres; Acessibilidade às mulheres com deficiência e/ou com mobilidade reduzida; Violência contra mulheres com deficiência e/ou com mobilidade reduzida; Atenção integral à saúde da mulher com deficiência e/ou com mobilidade reduzida; Reabilitação e Saúde Mental; Saúde sexual, saúde reprodutiva e saúde mental da mulher com deficiência; e Manejo clínico de problemas mais comuns enfrentados pelas mulheres com deficiência e/ou com mobilidade reduzida.

Inscrições

A capacitação é gratuita, ofertada na modalidade a distância, com metodologia autoinstrucional (sem a mediação de tutores). As matrículas podem ser realizadas no site unasus.ufma.br, até 3 de outubro, e o curso tem início imediato. O público-alvo são profissionais que atuam no SUS envolvidos no cuidado à pessoa com deficiência, tais como médicos, enfermeiros, fisioterapeutas, terapeutas ocupacionais, fonoaudiólogos, psicólogos, assistentes sociais, nutricionistas e cirurgiões-dentistas; além de profissionais de nível técnico, acadêmicos e demais interessados.

A oferta educacional é fruto da parceria entre a Diretoria de Tecnologias na Educação (DTED/UFMA), por meio da UNA-SUS/UFMA e Ministério da Saúde - por intermédio da Coordenação-Geral de Saúde da Pessoa com Deficiência (CGSPD/MS). O certificado é gratuito, reconhecido pelo MEC e validado pela UFMA.

Ligue 180

O Ligue 180 recebe denúncias de violências, inclusive de cunho político contra a mulher, além de compartilhar informações sobre a rede de atendimento e acolhimento à mulher e orientar sobre direitos e legislação vigente. Todas as formas de violências devem ser denunciadas, sejam físicas, psicológicas, morais, patrimoniais, sexuais ou políticas.

O canal pode ser acionado por meio de ligação gratuita, ‘site’ da Ouvidoria Nacional de Direitos Humanos (ONDH), aplicativo Direitos Humanos, Telegram (digitar na busca “Direitoshumanosbrasil”) e WhatsApp (61-99656-5008). O atendimento está disponível 24h por dia, inclusive nos sábados, domingos e feriados.

Cadastrado Por: Maiara
Ultima edição Por: Maiara
Data de Publicação: 09/08/2022