Notícias

Saúde ocular: UNA-SUS-UFMA oferta dois cursos com foco na prevenção, reabilitação e saúde dos olhos

As ofertas são "Atenção na identificação precoce de deficiências em crianças por meio de TAN e TON” e “Atenção à Saúde na Reabilitação Visual"

Segundo dados da Organização Mundial da Saúde, globalmente, 2,2 bilhões de pessoas têm uma deficiência visual. Dessas, pelo menos 1 bilhão têm uma deficiência que poderia ter sido evitada ou que ainda não foi tratada. Nesse contexto, a UNA-SUS-UFMA oferta as capacitações “Atenção na identificação precoce de deficiências em crianças por meio de Triagem Auditiva Neonatal (TAN) e Triagem Ocular Neonatal (TON)” e “Atenção à Saúde na Reabilitação Visual'', cujas temáticas abordam a importância dos exames neonatais na identificação precoce de um problema ocular e as estratégias interdisciplinares para pessoas com deficiência visual, respectivamente.

Cuidados no início da vida

Todas as crianças, quando nascem, também realizam nas maternidades públicas o Teste do Olhinho. É um exame capaz de detectar alterações no eixo visual que possam causar problemas como catarata, glaucoma congênito, entre outros. O exame avalia o reflexo da luz que entra no olho do bebê, permitindo identificar partes como cristalino, vítreo e retina, além da comparação entre os olhos.

O curso Atenção na identificação precoce de deficiências em crianças por meio de Triagem Auditiva Neonatal (TAN) e Triagem Ocular Neonatal (TON) auxilia os profissionais de saúde a compreender o conceito, finalidade, rede de atenção, período de realização e indicadores de qualidade dos exames da Triagem Auditiva e Ocular Neonatal, além de focar nos indicadores de risco dessas deficiências e analisar o impacto desses exames no recém-nascido.

Cuidado especializado na reabilitação visual

No Brasil, cerca de 50 milhões de pessoas sofrem algum tipo de distúrbio da visão, segundo a Organização Mundial de Saúde. Deste número, 60% dos casos são de cegueira e deficiência visual.

Parte fundamental do processo de inclusão voltado a essa população é oferecer atendimento adequado para que cada pessoa integrante dessa coletividade seja assistida de acordo com as suas necessidades individuais e tenha acesso pleno ao cuidado especializado dentro do Sistema Único de Saúde (SUS). Assim, o curso “Atenção à Saúde na Reabilitação Visual'' é ofertado com o intuito de contribuir no aperfeiçoamento e na visibilidade das alternativas existentes relacionadas à reabilitação visual disponíveis no SUS.

Ambos com carga horária de 30 horas, as capacitações são voltadas aos profissionais que atuam no SUS envolvidos no cuidado à pessoa com deficiência, tais como médicos, enfermeiros, fisioterapeutas, terapeutas ocupacionais, fonoaudiólogos, psicólogos, assistentes sociais, nutricionistas e cirurgiões-dentistas; além de profissionais de nível técnico, acadêmicos e demais interessados nas temáticas abordadas.

Os cursos são gratuitos, ofertados na modalidade a distância, e têm início imediato. Ao concluir, o estudante receberá o certificado reconhecido pelo MEC e validado pela UFMA. As inscrições podem ser realizadas na plataforma saiteava.org.

Cadastrado Por: Maiara
Ultima edição Por: Maiara
Data de Publicação: 20/07/2022