Cursos

Atenção à Reabilitação da Pessoa com Transtornos do Espectro do Autismo

CARGA HORÁRIA: 30 horas

A Universidade Aberta do SUS (UNA-SUS) – por meio da Diretoria de Tecnologias na Educação da Universidade Federal do Maranhão (DTED/UFMA), e Ministério da Saúde – por intermédio da Coordenação-Geral de Saúde da Pessoa com Deficiência -, do Departamento de Atenção Especializada e Temática, da Secretaria de Atenção Especializada à Saúde – abriu inscrições para o curso “Atenção à Reabilitação da Pessoa com Transtornos do Espectro do Autismo”. As matrículas já estão abertas e podem ser realizadas até o dia 30 de setembro de 2021.

O curso é gratuito, com carga horária de 30h e acontece na modalidade a distância, com metodologia autoinstrucional e início imediato.


SOBRE A CAPACITAÇÃO


O curso tem como objetivo capacitar os profissionais de saúde que atuam no atendimento de pessoas com deficiência, com enfoque na habilitação e reabilitação da população diagnosticada com Transtorno do Espectro do Autismo (TEA). Por meio do curso, o estudante vai conhecer o contexto histórico do TEA, as mudanças de concepção acerca dessa condição ao longo do tempo, a sua epidemiologia, diagnósticos diferenciais, comorbidades relacionadas, as classificações atuais adotados no Brasil, e como são articulados os serviços de acompanhamento e atendimento da pessoa com Transtorno do Espectro do Autismo no SUS. 


A capacitação aborda os seguintes assuntos:

  • Histórico do Transtorno do Espectro do Autismo (TEA)
  • Epidemiologia e causas relacionadas ao TEA;
  • Diagnósticos diferenciais e comorbidades relacionadas ao TEA;
  • Indicadores do desenvolvimento e comportamentais;
  • Sinais de alerta e avaliação diagnóstica;
  • Equipe interdisciplinar;
  • Entrevista com os pais ou cuidadores;
  • Observação direta do comportamento e da interação social;
  • Instrumentos de uso livre para rastreamento/triagem de indicadores de desenvolvimento infantil e dos TEA;
  • Classificação do TEA nos sistemas classificatórios adotados no Brasil.;
  • A notícia do diagnóstico de TEA;
  • Projeto Terapêutico Singular na habilitação e reabilitação da pessoa com TEA. 
  • Apoio e acolhimento da família.
  • Fluxograma de acompanhamento e atendimento da pessoa com TEA na rede SUS

 

Público-alvo: profissionais que atuam no Sistema Único de Saúde, como médicos, enfermeiros, fisioterapeutas, terapeutas ocupacionais, fonoaudiólogos, psicólogos, assistentes sociais, nutricionistas e cirurgiões-dentistas; além de profissionais de nível técnico, acadêmicos e demais interessados nas temáticas abordadas.

 

Texto: Núcleo de Comunicação e Design da UNA-SUS/UFMA

Cadastrado Por: Rayanne
Ultima edição Por: Rayanne
Data de Publicação: 06/08/2021